Meditação sobre o Pai Nosso

ORAÇÃO DO PAI NOSSO

Neste estudo nós vamos meditar sobre a oração que o próprio Jesus nos ensinou, deixando-a como modelo para as nossas orações e divide-se em três partes:
1ª Parte: Exaltação;
2ª Parte: Petição; e
3ª Parte: Afirmação.
Vamos ler a própria oração do Pai Nosso.
MATEUS 6: 9 ao 13.
9 Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
10 venha a nós o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
11 o pão nosso de cada dia nos dá hoje;
12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores;
13 e não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal. [Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre, Amém].
Vejamos a primeira parte: Exaltação.
Quero iniciar esta meditação fazendo uma pergunta!
O quê um pai espera de um filho? Com certeza aquele que é pai espera de seus filhos o respeito, o amor, a obediência, e que o filho ande por caminhos certos, para que não venha envergonhá-lo; Isso nós que somos falhos e que muitas vezes queremos exigir aquilo que na realidade nunca dedicamos aos nossos pais.
Agora imaginemos o nosso Pai celestial, quando nós clamamos o seu nome: Pai nosso que estás nos céus; Estamos dignos de chamá-lo de Pai? Temos feito o que Ele nos ordena? Temos obedecido a Deus como Pai?
Em João 3:16 diz: “ Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que n’Ele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. Deus nos prova o seu amor através deste ato; agora também diz em João 1:12 “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; aos crêem no seu nome”; Mas existe uma afirmação: Aos que creem!
Temos crido no Senhor Jesus? Se não cremos, ainda não deixamos de ser criaturas de Deus, porque esta é a condição para recebermos este poder sobre nossa vida.
Em Mateus 6:24 nos fala sobre servir a dois senhores: Não podemos servir a Deus e a mamom!
Temos servido a Deus ou temos dado trela para que o inimigo faça a festa com a nossa vida e nos domine, depois nos dobramos diante de Deus e o chamamos de Pai, sem nos preocupar se nos encontramos como Ele nos quer.
II Coríntios 5:17 diz: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é”! Estamos em Cristo? Somos novas criaturas ou ainda vivemos da mesma forma que vivíamos, no mundo, antes de conhecermos a Palavra do senhor?
– Santificado seja o seu nome: Devemos reverenciar, honrar, glorificar e exaltar o nome de Deus, através da nossa vida, das nossas atitudes, do nosso testemunho pessoal; Através da luz que reflete em nós é que a santificação do Senhor será reconhecida por aqueles que não conhecem a Sua Glória.
– Temos zelado pelo nome de Deus?
– Temos honrado o nome do Senhor através da nossa vida?
– Temos tido zelo, pelo Evangelho de Cristo, ou temos o envergonhado através da nossa maneira de agir?
– Venha a nós o Teu Reino: Quando oramos este trecho da oração precisamos refletir: Será que estamos preparados para receber o Reino de Deus?
– Se Jesus viesse hoje buscar sua igreja subiríamos com Ele, ou ficaríamos lamentando dizendo: Porquê, não dei mais crédito quando alguém dizia que Ele estava voltando?
Muitas vezes pronunciamos palavras sem analisar a nossa vida; Em que precisamos mudar, para nos enquadrar na vontade de Deus.
– Seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu:
Sabemos que no céu a vontade de Deus é suprema, agora aqui na terra: Temos deixado Deus fazer a sua vontade em nossas vidas?
-Temos dado ouvido a voz de Deus, para que possamos andar conforme a sua vontade?
As vezes ou na maioria delas, quando o Senhor nos diz: Eu quero que você faça isso para mim; nós dizemos: Ah Senhor será que é isso mesmo que o Senhor quer? Não pode ser menos? Ou dá para o Senhor esperar um pouco? Agora, eu estou tão ocupado!
O Senhor diz: Eu te quero desta maneira para ser luz no meio deste povo, e nós dizemos: Tem certeza que precisa ser desse jeito? Não pode ser diferente? Se eu agir dessa maneira vão me chamar de quadrado; vão dizer que eu estou por fora! e o Senhor dirá: Para ser luz é necessário incomodar as trevas! A luz foi criada para iluminar, por isso precisa estar em uma posição em que a escuridão possa ser iluminada pela sua grandeza.
Fazer a vontade do Senhor é nos colocar à sua inteira disposição e dizer: Eis-me aqui Senhor, usa-me!
2ª Parte: Petição
O pão nosso de cada dia nos dai hoje.
Temos confiado que Deus é capaz de suprir as nossas necessidades, ou temos corrido para mamon?
Nós, muitas vezes pedimos ao Senhor: O pão nosso de cada dia nos dá hoje! Mas não nos contentamos com o pão preparado no dia que pedimos; queremos receber o pão que nos será dado a cada dia, nos próximos meses e até nos próximos anos, porque a ganância do homem vai além da sua vontade.
Quando o Senhor mandou o maná para o povo no deserto, Ele mandou Moisés dizer ao povo que colhessem a cada manhã o necessário para aquele dia, e só na sexta-feira colhessem dobrado, tendo em vista que no sábado não viria o maná, por ser o dia preparado pelo Senhor para o descanso do seu povo.
Desobedecendo a ordem do senhor, muitos colheram além do necessário para guardar para o outro dia deixando claro a sua incerteza de que Deus cumpriria com a sua promessa, e diz a palavra que no outro dia, quando foram abrir as vasilhas onde foi guardado o maná, aquele alimento guardado estava podre, porque desobedeceram a ordem de Deus.
E não é diferente nos dias de hoje! Queremos que as promessas do Senhor se cumpram, todas de uma só vez; não sabemos que na maioria das vezes não recebemos porque ainda não estamos capacitados para desfrutar daquela benção que temos pedido e, caso venhamos a recebê-la podemos até desviar da presença do Senhor; e aí nós ficamos desesperados e corremos buscar em lugares que desagradam ao senhor, e batemos em tantas portas, e quando encontramos alguém que nos promete algo que nos agrada esquecemos que só Deus é o dono de tudo que existe, pois tudo foi criado por Ele, e damos crédito a outros deuses. A Palavra nos fala sobre os tesouros que tanto queremos; as nossas ansiedades pela vida material. “Mateus 6:19 ao 34”.
19 Não ajunteis para vós tesouros na terra; onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões minam e roubam;
20 mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não minam nem roubam.
21 Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração.
22 A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo teu corpo terá luz;
23 se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes são tais trevas!
24 Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.
25 Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto à vossa vida
a, pelo que haveis de comer, ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário?
26 Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não valeis vós muito mais do que elas?
27 Ora, qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado à sua estatura?
28 E pelo que haveis de vestir, por que andais ansiosos? Olhai para os lírios do campo, como crescem; não trabalham nem fiam;
29 Contudo vos digo que nem mesmo Salomão em toda a sua glória se vestiu como um deles.
30 Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé?
31 Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? Ou: Com que nos havemos de vestir?
32 (Pois a todas estas coisas os gentios procuram.) Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso.
33 Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
34 Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal..
– Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos os nossos devedores; Na parte “A” deste versículo,
nós nos colocamos na verdadeira posição em que sempre deveríamos estar: Em humilhação diante do Senhor; por alguns segundos pedimos que o senhor perdoa os nossos erros.
Seria tão bom se esse versículo parasse aí, ou seja, não tivesse a parte “B”, porque é aí que nós anulamos a nossa humilhação, quando dizemos: Assim como nós perdoamos os nossos devedores.
Veja bem, se o Senhor nos perdoar como nós perdoamos, estamos fritos! porque não temos a capacidade de perdoar por nós mesmo. Se não for a misericórdia do senhor na nossa vida, que será de nós? A nossa arrogância, a nossa falta de humildade, o nosso eu, não deixam que alcancemos tal posição.
A Palavra de Deus nos diz que quando Pedro perguntou para Jesus: Quer dizer que se o meu irmão pecar contra mim 7 (sete) vezes no dia eu devo perdoá-lo? e o Senhor respondeu: Não te digo 7(sete), mas 7 x 70 (sete vezes setenta), querendo dizer que o perdão é infinito; tanto é que o próprio Jesus nos perdoa a cada dia, basta que nos coloquemos diante d’Ele com o coração sincero, para que Ele nos perdoe.
Precisamos pedir ao Senhor um coração capaz de perdoar e amar o nosso próximo sem olhar para seus defeitos, e sem interesse naquilo que ele possa nos oferecer, e aí sim estaremos em condições de sermos perdoados pelo Senhor.
– Não nos deixe cair em tentação, mas livra-nos do mal.
Nós pedimos ao Senhor para nos livrar da tentação e de todo mal; mas temos seguido os ensinamentos de Jesus: Vigiai e orai sem cessar?
Nós cristãos somos alvos constantes de satanás e de suas astúcias, portanto devemos vigiar e orar sem cessar. Aí nós dizemos: Como eu posso orar sem cessar, se eu tenho as minhas ocupações? Não quer dizer que vamos deixar os nossos afazeres para nos prostrar, de joelhos ou para o tempo todo estar orando; orar e vigiar sem cessar é saber que em tudo que formos fazer necessitamos da orientação do senhor e não esquecermos de
agradecer ao final, assim antes, durante e depois estaremos sempre ligados com o senhor, não dando chance para satanás colocar pensamentos errados na nossa mente. Sabemos que a mente vazia e oficina do diabo, portanto vamos ocupar a nossa mente com as coisas do Senhor, para que satanás não tenha chance contra nós.
A Palavra do senhor nos diz que se a nossa mão nos escandaliza devemos arrancá-la e da mesma forma os nossos olhos, porque é melhor entrarmos sem a mão ou sem os olhos no céu, do que comas duas mãos e os dois olhos no inferno.
Muitas vezes satanás nos prepara chances para nos apoderarmos de algo que não nos pertence e justamente nos momentos que aquilo iria ajudar a resolver a nossa situação atual, e é aí que temos que ser forte e repreendê-lo, em nome de Jesus, nos afastando para não cairmos em tentação. Não podemos deixar a dúvida entrar em nosso coração: Será que é Deus? porque se assim acontecer estaremos sujeitos a cair na tentação do inimigo.
Devemos vigiar e orar, pois somos servos do Deus altíssimo.
3ª Parte : Afirmação
– Porque teu é o reino, é o poder e a glória, para sempre; Amém!
Ao encerrarmos a oração do Pai Nosso afirmamos que Deus é superior a tudo e a todos, mas para isso temos que realmente crer naquilo que falamos.
Não basta dizermos que d’Ele é o reino, é o poder e a glória se deixarmos que satanás com sua astúcia interfira em nossos atos, de maneira que o nosso louvor esteja direcionado a ele.
Quando encerramos esta oração dizemos amém! Isso quer dizer: Assim seja! Portanto devemos, como servos de Deus, que professa uma fé genuína no criador de todas coisas, nos colocar de tal forma que o nome do Senhor seja exaltado através das nossas vidas, porque a Palavra de Deus nos diz que a boca fala do que o coração está cheio. Portanto que as nossas palavras sejam de edificação, e tudo que fizermos seja feito para honra e glória de Deus e no nome do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Amém!

Que Deus nos abençoe.

PRESBÍTERO APARECIDO QUEIROZ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *