Pérolas de Deus

A pérola é um glóbulo duro, brilhante e nacarado, que se forma nas conchas de certos moluscos; usadas na confecção de objetos de adorno como: Anéis, colares e outras jóias.
Imaginem quanto tempo leva para que se forme uma pérola dentro de uma concha?
A pérola, desde o início de sua formação ela já é preciosa e muito procurada, não importa o seu tamanho; Só que ela está envolvida por uma casca (concha) e só vai ter o seu valor reconhecido a partir do momento que ela se libertar daquela casca que a envolve; Só aí o joalheiro vai poder destiná-la, conforme o seu tamanho e qualidade, para o tipo de jóia que será usada.
Da mesma forma é o servo de Deus; Desde que nasce, muitos desde o ventre da mãe, já são escolhidos para a obra do Senhor, mas mesmo sendo escolhidos permanecem revestidos por uma capa, necessitando serem libertos para que possam ser reconhecidos.

Veremos agora alguns dos servos de Deus, os quais a Bíblia nos relata, e o momento em que caíram suas capas, para que pudessem começar a obra que Deus tinha para entregar a cada um.

ABRAÃO:

Um homem de Deus, considerado como o pai da fé, nasceu e teve uma vida normal com seus familiares; Servo temente a Deus, casado com Sarai como relata a bíblia, viveu sua vida como homem comum até a idade de 75 (setenta e cinco) anos, quando o Senhor o chamou e lhe disse:
“Sai da tua terra, da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. Eu farei de ti uma grande nação; abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome; e tu, sê uma benção”.
A partir daquele momento, quando Deus disse estas palavras para Abraão, caiu a sua capa e Abraão passou a ser a Pérola de Deus; E Abraão não saiu resmungando ou blasfemando. Diz a bíblia que Abraão pegou sua esposa Sarai, seu sobrinho Ló, todos os bens que haviam adquirido e todas as almas que lhes acresceram em Harã; e saíram com destino à terra de Canaã.

MOISES:

Nasceu durante o período em que o povo hebreu estava cativo no Egito; Neste período houve uma ordem de Faraó para que as parteiras matassem todas as crianças do sexo masculino que nascessem, tendo em vista que o povo hebreu crescia de maneira fantástica, e faraó temia que se formasse um exército dos homens hebreus. Quando nasceu Moises sua mãe procurou escondê-lo para que nada lhe acontecesse, e assim, até os três meses o escondeu, e não podendo mais fazê-lo fabricou um cesto de junco, revestido com betume e colocando o menino dentro o lançou nas águas do rio Nilo, e sua irmã Miriã, o acompanhou até que parou próximo do palácio do faraó.
A filha de faraó que se banhava ali no rio, com suas servas, quando viu aquele cesto mandou que o pegassem. Ao ver a criança dentro do cesto resolveu criá-lo escondido do faraó, mesmo sabendo ser um filho de hebréia. Então sua irmã Miriã ofereceu para chamar uma mulher hebréia para amamentá-lo, assim foi chamada a própria mãe de Moises que o amamentou, criando-o até que tivesse idade suficiente para ser entregue à filha de faraó.
Assim, Moises cresceu no palácio do faraó, estudou e viveu até tornar-se um homem.
Certo dia resolveu visitar os hebreus e ao chegar encontrou um egípcio que maltratava um hebreu e tomando as suas dores acabou por matar o egípcio. Em conseqüência teve que fugir do Egito para a terra de Mídiã, onde foi chamado por Deus para libertar o seu povo.
Digo com toda certeza que a capa de Moises caiu no momento que ele matou aquele egípcio e teve que fugir do Egito, pois a partir daí, Moises nunca mais se afastou do senhor e conduziu o povo até o dia que foi chamado pelo Senhor, que lhe mostrou a terra prometida, mas não deixou que ele entrasse, recolhendo-o para si.

JOSUÉ:

Homem temente a Deus acompanhou Moises desde sua mocidade e quando Deus retirou Moises do meio do seu povo, ordenou para que Josué assumisse o comando para conduzi-los à terra prometida, e assim Josué fez cumprindo a sua tarefa, mesmo passando por grandes lutas, mas Deus sempre esteve com ele e com o povo.
A capa de Josué caiu no momento que Moises foi tirado e Deus o colocou à frente do povo.
Josué não disse para o Senhor que não queria seguir com o povo, simplesmente se colocou como um instrumento nas mãos de Deus e seguiu em frente; mesmo passando por muitas lutas, ele jamais blasfemou e cumpriu aquilo que Deus havia preparado para que ele cumprisse, fazendo o povo entrar na terra prometida.

ISAIAS:

No livro do profeta Isaias, capítulo 06:1 ao 13, nos relata a queda da sua capa através da sua escolha e consagração a profeta de Deus.
“1- No ano em que morreu o rei Uzias ,eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as orlas do seu manto enchiam o templo
2- Ao seu redor havia serafins; cada um tinha seis asas; com duas cobria o rosto, e com duas cobria os pés e com duas voava.
3- E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos; a terra toda está cheia da sua glória.
4- E as bases dos limiares moveram-se à voz do que clamava, e a cassa se enchia de fumaça.
5- Então disse eu: Ai de mim! pois estou perdido; porque sou homem de lábios impuros, e habito no meio dum povo de impuros lábios; e os meus olhos viram o rei, o Senhor dos exércitos!
6- Então voou para mim um dos serafins, trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz;
7- e com a brasa tocou-me a boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniqüidade foi tirada, e perdoado o teu pecado.
8- Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem irá por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.
9- Disse, pois, ele: Vai, e dize a este povo: Ouvis, de fato, e não entendeis, e vedes, em verdade, mas não percebeis.
10- Engorda o coração deste povo, e endurece-lhe os ouvidos, e fecha-lhe os olhos; para que ele não veja com os olhos, e ouça com os ouvidos, e entenda com o coração, e se converta, e seja sarado.
11- Então disse eu: Até quando, Senhor? E respondeu: Até que sejam assoladas as cidades, e fiquem sem habitantes, e as casas sem moradores, e a terra seja de todo assolada,
12- e o Senhor tenha removido para longe dela os homens, e sejam muitos os lugares abandonados no meio da terra.
13- Mas se ainda ficar nela a décima parte, tornará a ser consumida, como o terebinto, e como o carvalho, dos quais, depois de derrubados, ainda fica o toco. A santa semente é o seu toco.”
Diante deste relato podemos ver que a partir daquele momento Isaias passou a fazer a vontade de Deus sendo usado tremendamente pelo Senhor. Aí está o reconhecimento da pérola de Deus: Isaias.

JEREMIAS:

Um exemplo de servo que foi escolhido, desde o ventre da mãe, como diz em Jeremias 1:4 ao 12.
“ 4 – Ora veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
5- Antes que eu te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre te santifiquei; às nações te dei por profeta.
6- Então disse eu: Ah, Senhor Deus! Eis que não sei falar; porque sou um menino.
7- Mas o Senhor me respondeu: Não digas: Eu sou um menino; porque a todos a quem eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar dirás.
8- Não temas diante deles; pois eu sou contigo para te livrar, diz o Senhor.
9- Então estendeu o Senhor a mão, e tocou-me na boca; e disse-me o Senhor: Eis que ponho as minhas palavras na tua boca.
10- Olha, ponho-te neste dia sobre as nações, e sobre os reinos, para arrancares e derribares, para destruíres e arruinares; e também para edificares e plantares.
11- E veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Que é que vês, Jeremias? Eu respondi: Vejo uma vara de amendoeira.
12- Então me disse o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir. ”
Jeremias, ainda muito jovem, Deus se manifestou a ele e a partir daquele dia caiu a sua capa, e assim ele passou a ser reconhecido como uma pérola de Deus tornando-se conhecido de todos, como profeta em Israel. Sofreu muito, mas foi até o fim sem desistir, pois a sua confiança no Senhor jamais mudou.

MARIA:

Serva temente a Deus, e digna também da confiança de Deus, tanto que foi escolhida para dar à luz o Salvador do mundo; Embora desde o Velho Testamento já ter sido mencionada pelo profeta Isaias: Isaias [7:14]-“ Portanto o Senhor mesmo vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel ”.
Na realidade sua capa caiu quando o anjo do Senhor a visitou e lhe comunicou que seria agraciada como mãe de Jesus:
LUCAS [1: 2 ao 35]
“ 26 – Ora, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
27- a uma virgem desposada com um varão cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria.
28- E, entrando o anjo onde ela estava disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo.
29 Ela, porém, ao ouvir estas palavras, turbou-se muito e pôs-se a pensar que saudação seria essa.
30- Disse-lhe então o anjo: Não temas, Maria; pois achaste graça diante de Deus.
31- Eis que conceberás e darás à luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus.
32- Este será grande e será chamado filho do Altíssimo; o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi seu pai;
33- e reinará eternamente sobre a casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.
34- Então Maria perguntou ao anjo: Como se fará isso, uma vez que não conheço varão?
35- Respondeu-lhe o anjo: Virá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso o que há de nascer será chamado santo, Filho de Deus.
36- Eis que também Isabel, tua parenta, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril;
37- porque para Deus nada será impossível.
38- Disse então Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela ”.
A partir do momento que Maria respondeu ao anjo do Senhor: Cumpra-se em mim segundo a tua palavra, começa o seu reconhecimento como pérola de Deus, para entrar para a história, como a mãe do Emanuel: O Deus conosco!

JOÃO BATISTA:

Mencionado em Isaias 40:3 como: Eis a [voz do que clama]: Preparai no deserto o caminho do Senhor; endireitai no ermo uma estrada para o nosso Deus ”. Nasce através de um milagre concedido por Deus à sua mãe Isabel, que era estéril, e seu pai já de idade avançada, portanto já separado desde o ventre. Lucas [1: 5 ao 25]
“ 5- Houve nos dias do Rei Herodes, rei da Judéia, um sacerdote chamado Zacarias, da turma de Abias; e sua mulher era descendente de Arão, e chamava-se Isabel.
6- Ambos eram justos diante de Deus, andando irrepreensíveis em todos os mandamentos e preceitos do Senhor.
7- Mas não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e ambos avançados em idade.
8- Ora, estando ele a exercer as funções sacerdotais perante Deus, na ordem da sua turma,
9- segundo o costume do sacerdócio, coube-lhe por sorte entrar no santuário do Senhor, para oferecer o incenso;
10- e toda a multidão do povo orava da parte de fora, à hora do incenso.
11- Apareceu-lhe, então, um anjo do Senhor, em pé à direita do altar do incenso.
12- E Zacarias, vendo-o, ficou turbado, e o temor o assaltou.
13- Mas o anjo lhe disse: Não temais, Zacarias; porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, te dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João;
14- e terás alegria e regozijo, e muitos se alegrarão com o seu nascimento;
15- porque ele será grande diante do Senhor; não beberá vinho, nem bebida forte; e será cheio do Espírito Santo já desde o ventre de sua mãe;
16- converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus;
17- irá adiante dele no espírito e poder de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à prudência dos justos, a fim de preparar para o Senhor um povo apercebido.
18- Disse então Zacarias ao anjo: Como terei certeza disso? pois eu sou velho, e minha mulher também está avançada em idade.
19- Ao que lhe respondeu o anjo: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado para te falar e te dar estas boas novas;
20- e eis que ficarás mudo, e não poderás falar até o dia em que estas coisas aconteçam; porquanto não creste nas minhas palavras, que a seu tempo hão de cumprir-se.
21- O povo estava esperando Zacarias, e se admirava da sua demora no santuário.
22- Quando saiu, porém, não lhes podia falar, e perceberam que tivera uma visão no santuário. E falava-lhes por acenos, mas permanecia mudo.
23- E, terminados os dias do seu ministério, voltou para casa.
24- Depois desses dias Isabel, sua mulher, concebeu, e por cinco meses se ocultou, dizendo:
25- Assim me fez o Senhor nos dias em que atentou para mim, a fim de acabar com o meu opróbrio diante dos homens ”.
Mesmo assim, sua capa caiu a partir do momento que ele, já com seus 30(trinta) anos, aparece pregando no deserto e começa a se cumprir, aquilo que o anjo havia dito ao seu pai, quando anunciou a benção do seu nascimento. Começa aí, João Batista ser reconhecido como uma pérola de Deus.
E temos também todos os discípulos, que passaram a serem reconhecidos como pérolas de Deus, a partir do momento que cada um, ao ser chamado por Jesus, deixava os seus afazeres e o seguia, sem perguntar: O que o Senhor quer de nós? Apenas criam e o seguiam, deixando cair suas capas.
Nos dia de hoje não é diferente! A palavra de Deus nos diz que o Senhor procura adoradores que o adorem, em espírito e em verdade.
Infelizmente, no meio do povo de Deus está havendo muitas pessoas que se dizendo servo, estão vestindo pele de cordeiro, quando na realidade são verdadeiros lobos; Com isso, aqueles que têm o coração voltado a adorar ao Senhor, muitas vezes ficam indecisos quanto ao local em que devemos adorá-lo, como a mulher samaritana que indagou a Jesus: João 4: 20,21 e 23. “ Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me, a hora vem , em que nem neste lugar, nem em Jerusalém adorareis o Pai”. – “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem”.
E nós, como estamos?
A Palavra de Deus diz que somos as meninas dos seus olhos, portanto somos preciosos, mas precisamos tirar a capa que nos reveste para que possamos ser usados por Deus; Temos que dar espaço para que o Espírito Santo de Deus possa entrar em nosso coração e nos mudar, nos limpar, nos despir do velho Adão e nos vestir com vestes brancas. (Precisamos ser obreiros aprovados).
Jesus deixa claro para aquela mulher que não devemos procurar lugar para adorar ao Pai, pois na realidade a adoração deve partir do nosso coração e com sinceridade; A partir do momento que passarmos a adorá-lo desta forma, também passaremos a nos interessar por sua obra.
Não adianta estarmos na igreja apenas para cantar louvores, para nos reunir com os irmãos ou simplesmente como fachada, quando na verdade o nosso coração está voltado para as coisas lá de fora; Desta forma, torna-se difícil sermos reconhecidos como pérolas de Deus, porque é necessário deixarmos cair a nossa capa, arregaçarmos as mangas e dizermos para o Senhor: Eis-me aqui Senhor! Faça de mim um instrumento dentro da tua obra.
Sabemos que em nossos dias o povo anda com tantos compromissos com o homem, que não tem tempo para as coisas de Deus; Estamos na casa do Pai e quando o Pai chama para a sua obra inventamos tantas desculpas que dá até pena ouvir; parece que somos os mais compromissados da face da terra; sendo que na realidade não queremos é assumir compromisso, porque só assim, poderemos faltar quando bem entendermos, sem que ninguém cobre algo de nós.
Meus irmãos é hora de acordarmos e vermos que a seara é grande, mas os ceifeiros são poucos, e ainda os poucos que existem, andam com muitos compromissos terrenos, deixando a desejar quanto à obra de Deus.
Vamos nos conscientizar e entregar as nossas vidas nas mãos de Deus, porque a palavra do Senhor nos diz: Salmos 37: 5 – entregue os seus caminhos ao Senhor; confia n’Ele e Ele tudo fará”.

“Acordem Pérolas de Deus!”

Lancem suas capas ao chão, levantem a cabeça e marchem! A seara do Senhor nos aguarda.
“Buscai ao Senhor enquanto se pode achar; invocai-o enquanto está perto”.

DEUS NOS ABENÇOE.

PRESBÍTERO APARECIDO QUEIROZ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *